domingo, 4 de abril de 2010

Mais um post à toa

Pois é... Eu acho que o problema é falta de vontade de escrever mesmo.

Não é o caso de estar muito feliz ou muito triste, como costumava ser antigamente. Pra quem não acompanha esse blog, explico-me: quando eu comecei a escrever, só tinha duas motivações - profunda tristeza ou imensa alegria. Fora isso, em momentos de tranquilidade, ou que a vida me obrigava a prestar atenção em outras coisas além do meu umbigo, eu simplesmente dava branco. Não conseguia escrever sobre nada. E eu sempre deixava isso claro nos meus posts. Ou estava cantarolando um novo amor, um novo prêmio ou uma nova idéia; ou choramingando a perda de um amor, de um prêmio, de uma idéia.

Hoje em dia eu até que tenho muitas coisas sobre as quais escrever... Muitas vezes durante o dia (ou a noite) eu paro e penso: "Vou escrever sobre X assunto." Aí o tempo passa, eu vejo televisão, como, durmo, vou pra faculdade, chego em casa, fico com preguiça... E quando, enfim, eu estou na frente do computador, eu já nem lembro mais sobre o que eu queria escrever mesmo... Outro dia eu me desentendi com uma pessoa com quem eu já tinha me desentendido milhares de vezes antes - e sempre fizemos as pazes - e lembrei que numa dessas eu escrevi um post choramingando a perda de uma amizade e blá blá blá. O interessante é que os sentimentos mudaram juntamente com as ações. (E logo eu que jurava que o que acontecia era o contrário) Eu não escrevi um post. E dessa vez não fizemos - e acho que não faremos - as pazes.

Pois é. Acontece. Sobre o que mesmo eu queria escrever quando eu comecei a redigir esse post?

Ah é! Era sobre aqueles comprovantes de compras das máquinas de débito/crédito. Eu ia falar que todo mundo devia passar a pedir pro atendente não imprimir a segunda via. Não serve pra nada. Se você quer controlar as compras que você faz, leve a nota fiscal (que vai ser impressa de qualquer forma), passe a anotar num caderninho ou então controle o seu extrato mensal no banco pela internet. Aquele papelzinho só serve pra gastar papel mesmo. É mais ecológico. Pense no tanto de papel que você vai economizar se você nunca mais pegar aquele comprovante!

E aí está mais um post nonsense. Dane-se. O blog é meu e eu escrevo a asneira que eu quiser.
  • Stumble This
  • Fav This With Technorati
  • Add To Del.icio.us
  • Digg This
  • Add To Facebook
  • Add To Yahoo

2 comentários:

Marcelo disse...

Me mata essa falta do que falar e a cabeça cheia de coisas querendo sair. Acontece comigo quase todo dia.
Ai, eu canto.
Como você disse e concordo plenamente, no meu blog, vai o que é meu.

E ainda tem quem goste de post nonsense. Eu.

Mandix disse...

Ah, eu passo muito isso, mesmo!No meu caso tá sempre muito relacionado com não saber direito por que eu tenho um blog. Sabe? Eu sempre me pergunto isso, e nunca chego numa resposta definitiva, seja isso pra mim bom ou ruim. E assuntos escapando são coisas que acontecem muito. Outras vezes eu preciso só começar e a coisa anda... Mas ter blog é divertido.

 
Copyright 2010 Retro | Powered by Blogger.